restauração

restauração

FISIOTERAPIA ONCOLÓGICA E LINFÁTICA

Minha foto
BRASÍLIA, DF, Brazil
MEU NOME É LUCIANA MARTINS SOU ESPECIALIZADA HÁ 15 ANOS EM FISIOTERAPIA ONCOLÓGICA ,TRATAMENTO E PREVENÇÃO DO LINFEDEMA (LINFOTERAPIA),QUE É A TECNICA MAIS RECENTE E QUE REALMENTE OBTÊM RESULTADO NO TRATAMENTO DO LINFEDEMA E NO PÓS -OPERÁTORIO .

BEM VINDOS !!!!!

CONSULTÓRIO :
END:705 SUL ED MONT BLANC SALA 138
FONE:(61) 81165260
E-MAIL
lu.mm72@yahoo.com.br

quarta-feira, 26 de maio de 2010

LINFEDEMA DE MEMBROS INFERIORES E O DIAGNÓSTICO

ACONTECE MUITAS VEZES NO MEU CONSULTÓRIO DE PACIENTES RECLAMAREM QUE PASSARAM POR VÁRIOS DICOS ATÉ TEREM  O DIAGNÓSTICO DE LINFEDEMA . ISSO PORQUE  O LINFEDEMA É POUCO DIVULGADO E ESTUDADO, ATÉ MESMO POR ANGIOLOGISTA ,QUE É A ESPECIALIDADE INDICADA,O CARDIO-VASCULAR TAMBÉM ATENDE ESSA ÁREA MAS EU EM BRASÍLIA  EU INDICO O ANGEOLOGISTA E TENHO REFERÊNCIAS DE ALGUNS QUE REALMENTE ENTENDE DE LINFEDEMA .O PACIENTE VAI AO ORTOPEDISTA QUE ACHA QUE É ENTORSE ... ,O OUTRO NÃO SABE E POR AI COMEÇA A SAGA .ALGUMAS DICAS:
1-GERALMENTE O LINFEDEMA COMEÇA NO PÉ E TORNOZELO.
2-GERALMENTE VOCÊ PODE NOTAR QUE ESTÁ INCHADO SEM TER ACONTECIDO NADA.
3-GERALMENTE ELE NÃO DESINCHA ESPONTÂNEAMENTE OU FICA INCHANDO E DESINCHANDO,DEPENDENDO DA ATIVIDADE DO DIA.
4-GERALMENTE NOS DIAS QUENTES INCHAM MAIS.
5-GERALMENTE PODE TER INÍCIO DEPOIS DE ENTORSE ,FRATURA,INFECÇÕES ,MACHUCADOS DE PELE(ARRANHÕES,QUEIMADURAS,FERIDAS...) E NÃO DESINCHAM COM PASSAR DO TEMPO.PROCURE UM ANGIOLOGISTA COM INDICAÇÃO,SUGIRA UMA LINFOCINTILOGRAFIA E PROCURE UMA FISIOTERAPIA ESPECIALIZADA QUE FAÇA  DRENAGEM LINFÁTICA ,MAS NÃO ESTÉTICA .ESSA ESPECIALIZAÇÃO DA FISIOTERAPIA GERALMENTE É CONHECIDA COMO:LINFOTERAPIA ,TÉCNICA DE FOLDI OU FISIOTERAPIA COMPLEXA DESCONGESTIVA.SE TIVEREM INTERESSE ME MANDE UMA MENSAGEM DIZENDO AONDE VOCÊ MORA QUE TALVEZ EU TENHA ALGUÉM PARA INDICAR.

                              LUCIANA MARTINS

52 comentários:

  1. Oi Luciana, tenho uma sobrina de 1 ano e 1 mês que nasceu com linfedema congênito, ela já tem o diagnóstivo, o problema é que não sabemos como tratar, vada dia que passa a perna parece estar mais inchada do que a outra.
    Você me indica algum profissional para avaliar e ver se a fisioterapia na idade dela já seria indicada.
    Carla Borges

    ResponderExcluir
  2. oi carla você mora em brasilia?bom se mora você tem que procurar um angiologista.tem o centro vascular dr gilson araújo ou dr geraldo felipe tel:33458910/angiocentro dr simone ou dr hercules:34452992.quanto a inchar o linfedema é assim mesmo e tem que ser tratado logo.eu tenho uma paciente que nasceu assim e faz fisioterapia há anos comigo vai e volta sempre para manter desinchdo.temos que fazer uma drenagem linfática e se necessario enfaixamento compressivo ou meia de contenção que só pode ser usada se prescrito.tomara que tenha te ajudado.se não mora em brasília me avise aonde para ver se tenho paraquem te indicar .bjs luciana

    ResponderExcluir
  3. Gente,a melhor coisa que me aconteceu nesses ultimos tempos foi ter encontrado a Luciana que além de ser a melhor fisioterapeuta que já conheci pra tratar meu linfedema,é um amor de pessoa.Já passei por cada situação,profissionais que nem sabem direito o que é isso,até mesmo médicos (angiologistas)que não sabem nem como tratar,o que fazer...acho que não se interessam,nem sei,sinceramente,já me estressei demais por causa disso,desde a dificuldade do diagnóstico até o tratamento correto!Aí quando pensei que já não tinha mais jeito,encontrei por acaso essa clínica onde ela atende(Fisiocentro),pra poder emfim descobrir a meneira correta de tratar o linfedema.Fiquei muito feliz,pois ela me deu várias dicas que são de extrema importancia para o tratamento e manutenção do linfedema,tenho feito os enfaixamentos,e também usado meias compressivas e desde então tive uma melhora muito significativa,em fim estou muito feliz e grata a Deus por ter colocado em meu caminho essa flor de pessoa que é a Luciana...beijinhos!

    ResponderExcluir
  4. Deixo registrada minha visita ao Blog.
    Um abraço.
    Geraldo Barbosa (Blog 14-F)

    ResponderExcluir
  5. Oi Luciana, meu nome e Carlos minha mãe teve Cancer de Mama e pelo que me parece ela esta com todos estes sintomas da Linfadema, ela sente muitas dores no braço, é estou muito preucupado, moro em Natal/RN, vc conhece alguem que poderia me ajudar, preciso muito ajudar minha Mãe e não sei o que fazer!!

    ResponderExcluir
  6. Olá Luciana! Obrigada por ter visitado o meu blog! Eu fiz cirurgia de mama, retirei um quarto por conta de carcinoma invasivoIII, fiz pesquisa de 1 linfonodo sentinela, fiz 4 sessões de quimio e vou fazer 30 de radio. Mas, não foi por acaso que vc passou pelo meu blog, pois tenho muitas dúvidas quanto ao linfedema, apesar de não ter esvaziado a axila sinto dores no braço e na axila. Sexta vou em uma palestra sobre isso, pois onde trato tem uma equipe multidisciplinar. Bom a gente trocar informações. Vou ser seguidora do seu blog! Um abraço e obrigada pelo carinho! Bjsssssssssssss

    ResponderExcluir
  7. Oi Luciana, obrigada pela visita ao blog e pelos elogios também. Li alguns textos postados por você e já me acrescentaram bastante. Aquele em que fala dos cabelos me alegrou muito. Parabens pela iniciativa, toda e qualquer informação é preciosa. As dúvidas pairam sobre nossas cabeças o tempo todo e, na verdade, buscamos por noticias, antes que vivamos a situação, numa tentativa de não sermos pegas de surpresa pelos pontos negativos de cada etapa a vercemos. Abraço.

    ResponderExcluir
  8. Bom Dia!
    Luciana, eu havia feito o exame linfocintilografia no Hospital SP, porém deu negativo. Porém minhas pernas continuavam inchando muito. Aí, fiz um Doopler Venoso MMII, e diagnosticou que minhas safenas estavam com defeito. Marquei cirurgia, e na mesa de cirurgia, meu médico descobriu do pior jeito, que eu tinha sim LINFEDEMA. A recuperação da cirurgia está sendo muito dolorosa, e percebi que nem ele entende muito. Obrigada pelas dicas, e vou tentar achar um médico angiologista que entenda mesmo, e depois uma boa fisioterapeuta, pois estou sofrendo muito com esta doença. No meu caso, acreditamos que eu tenha nascido com ela (congenita), pois desde criança tinha as perninhas inchadas.
    Vou começar natação e hidroginastica, 3 vezes por semana, que é o único exercício que sempre me ajudou.
    Att,

    Margarete Podgurski - São Paulo/SP

    ResponderExcluir
  9. Olá Luciana,

    Conheci seu blog hoje e me interessei pelo tema.
    Há pouco mais de um ano tive um osteossarcoma no região distal do fêmur esquerdo e fui submetido à cirurgia para colocação de endoprótese. Consequentemente tive algumas limitações de movimento, mas já estou muito bem e consigo fazer quase tudo que fazia antes. Fiz 8 meses de fisioterapia e aprendi a respeitar e reconhecer esta profissão tão necessária.

    Um abraço,
    Vitor Finkler
    http://diariodeumosteossarcoma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Luciana
    Moro em São Carlos-SP, fiz mastectomia radical da mama esquerda em abril de 2005 com esvaziamento da axila. Fiz reconstrução com protese de silicone sob o musculo peitoral apos expansão, porem a protese não ficou boa e ultimamente tem doido bastante o braço e costa e tambem os ombros e ate mesmo a nuca e pescoço. Estou muito preocupada pois o desconforto e muito grande e nunca tinha sentido antes. voce conhece alguem para me indicar aqui em São Carlos-SP, para voltar a fazer fisioterapia...
    Quero tambem parabenizar e agradecer pelo Blog, tantas e tantas vezes procurei por informações na internet e mesmo com mastologistas e nunca tinha encontrado informações elucidativas como as suas. Muito obrigada que Deus ilumine sempre o seu trabalho, a sua vida. Ana Maria

    ResponderExcluir
  11. Boa Noite Luciana,

    Estou em Bão bernardo do Campo, SP, e minha mãe tem linfedema causada por uma cirurgia na perna. Tenho ficado bem preocupada porque a perna dela nunca desincha. Ela faz drenagem 1 vez por semana.
    Você tem alguém para me ajudar?

    Desde ja,
    agradeço
    Thais
    thaiscichini@gmail.com

    ResponderExcluir
  12. luciana me chamo carla tenho 31 anos morro em joao pessoa na paraiba. resolvi te manda este recado para que vc me ajude, ando muito agustiada e nao tenho ninguem que me entenda . depois que tive minha primeira menina em 2003 descobri ter linfedema no MI direito e isso me angustia demais. trabalho o dia todo em psf e quando chega a noite que vejo meu pé edemaciado me dar uma angustia tal grande onde nao posso mostrar a ninguem minha fraqueza.o que vc pode me falar para me ajudar.

    ResponderExcluir
  13. OI LUCIANA TD BEM?
    TENHO LINFEDEMA NOS MEMBROS INFERIORES DESDE QUE NASCI MAS SO FOI DESCOBERTO QUANDO JA ESTAVA COM 8 ANOS ENTAO MEU PROBLEMA SE AGRAVOU MUITO. ALEM DA DRENAGEM, TEM ALGUMA CIRURGIA QUE POSSA SER FEITA? MORO EM ANÁPOLIS-GO E NAO CONHEÇO MUITOS ESPECIALISTAS NO ASSUNTO, FAÇO TRATAMENTO COM UM ANGIOLOGISTA MAS NAO FALO ABERTAMENTE SOBRE O ASSUNTO, POR ISSO NEM SEPRE TENHO AS RESPOSTAS EXATAS PARA MINHAS DUVIDAS. TENHO VERGONHA PORQUE AS PESSOAS OLHAM DE MANEIRA ESTRANHA, E COMENTAM ENTRE SI.ME DESCULPE SEI QUE VC NAO EH PSICOLOGA MAS É QUE JA QUE COMECEI VOU TERMINAR, SE VC CONHECER ALGUM ESPECIALISTA EM DRENAGEM AKI EM ANÁPOLIS ME INFORME POR FAVOR! EU TENHO 19 ANOS E QUERIA MUITO PODER USAR SALTO ALTO , ROUPA CURTA E FICAR BONITO, NAO ESQUISITO! ESPERO QUE VC ME RESPONDA!! OBRIGADA

    ResponderExcluir
  14. Olá Luciana! Me chamo Rosana e tenho 30 anos. Em agosto descobri que vivo com linfedema desde os 16 anos quando percebi um inchaço contínuo no pé e tornozelo direito. Passei por vários ortopedistas que diagnosticavam torção, inflamação e etc...enfim, no calor piora muito o inchaço, fica bastante dolorido e incômodo. Não queria me sentir envergonhada quando uso sandálias e pessoas fazem piadas sobre o meu pé estar gordo. Tenho muitas dúvidas sobre como me cuidar. Me consultei com um especialista vascular numa clínica de angiologia e de imediato ele diagnosticou o linfedema. Tomo remédios manipulados para melhorar a circulação, fiz um doppler venoso, mas o pé continua inchando. Como posso diminuir o inchaço? Será que posso ter uma vida normal? Outra preocupação minha é sobre engravidar, tenho dificuldades, isso tem alguma ligação ou complicação? Tive uma gestação interrompida há quase dois anos e estava no sexto mês quando muito de repente surgiram complicações com meu bebê. Estou bastante confusa e aguardo sua resposta e orientação. E muito obrigada, pois te achei e não foi por acaso!

    ResponderExcluir
  15. Andréia A. Santos19 de outubro de 2011 11:19

    Bom dia doutora!!!
    Minha mãe fez a mastectomia total total da mama direita com 5 tumores malignos neste ano, esta agora tomando o taxofen . E ela sente muitas dores nas costas , atrás da mama retirada. Ela já fez alguns exames, porém não obteve nenhum resultado mas a dor persistiu, e agora do outro lado, da mama saudável erradiando para o tórax!!!!! , o que devo fazer?

    Por favor me ajude...
    meu email pessoal é andreia_decotia@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  16. olá luciana, tenho um pai no qual a perna é muito inchada e é diagnosticado com linfedema de uns tempos pra cá também começei a sentir alguns sintomas como inchaço e dor na perna esquerda na qual atinge mais o meu pé do que minha perna em si
    gostaria de saber se minha perna poderá ficar muito inchada ao ponto de não voltar mais o normal
    por favor me diga o que fazer.Obrigada

    ResponderExcluir
  17. Boa noite Luciana! Minha irmã tem linfedema nas pernas e já está bastante avançado. Moramos em Campo Grande - MS, você conhece algum profissional especializado que possa atendê-la?
    Aguardo sua resposta pelo meu email: cassiasalim@yahoo.com.br.
    Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  18. Oi Luciana te escrevi a um tempo atrás e vi sua resposta, agradeço a sua atenção. Minha irmã pretende ir na sua clínica para a filha dela fazer a fisioterapia. Te agradeço muito pela disposição e carinho.

    ResponderExcluir
  19. Bom Dia! Meu nome é Gizelda.
    E à 7 e 4 meses me submeti a mastectomia radical direita + linfedectomia.
    Fiz todo tratamento(quimio e radio).
    Após algumas complicações(metastase óssea), me submeti por recomendação médica, a histerectomia total(novembro de 2008). Com isso toda medicação trocada. Tamoxifeno, logo em seguida ao Aromasin. E posteriormente ao Arédia, (devido a metastase óssea) Atualmente faço uso mensal de Faslodex. Desde então, meu membro inferior esquerdo apresentou um edema, imaginei ser devido a pequenos vasos que temos nos pés.
    Sendo que, este edema sumia e reaparecia.
    Procurei uma Angiologista que indicou um US-Venoso(pois a mesma suspeitava de trombo). Negativo para suspeita. Percebi sua dúvida com relação ao edema. Indagou ser possível linfedema. Pós cirurgia de mastectomia, não tive o tão temido linfedema no membro superior direito. Ainda faço a auto-massagem, faço uso do gelo no membro, e faço uso do Venalot H.
    Que especialista agora devo procurar?
    Pois a Angiologista me indicou Diosmin e uso de meias de média compressão.
    Existe alguma solução? Ou é irreversível?
    Aguardo respostas que poderão ser encaminhadas ao meu e-mail gilsantos87@yahoo.com.br
    Um forte.
    Sou de Pernambucana e resido em Jaboatão dos Guararapes

    ResponderExcluir
  20. Oi Luciana,

    Tenho linfedema no tornozelo direito ha uns cinco anos e gostaria de saber se voce tem algum medico especialista e um fisioterapeuta para indicar no rio de janeiro.
    Grato.
    Luiz Antonio.

    ResponderExcluir
  21. Olá Luciana moro em sao paulo a pouco tempo descobri que tenho linfedema, gostaria muito que me fala-se se conhece algum especialista em fisioterapia para essa doença, mas é muito dificil achar alguem que se quer saiba que ela existe muito obrigada Eliana

    ResponderExcluir
  22. Olá Luciana,MOro em Brasília, estou estudando pra uma prova, e descobri seu blog por acaso, e gostei muito. Não sou diagnosticada com linfedema, mas sofro demais com inchaço nas pernas, alias no corpo todo, minha face sempre apresenta cacifo na região da testa, fui ao endocrino e ele me passou diuréticos e fluoxetina e disse que não sabia o que tinha, sofro com a oscilação no peso, é muito ruim, pois mantenho uma dieta saudável e vivo inchada, não é gordura, tem dia que peso até dois kg a mais em um dia, e no outro ta ok. Tomei o diurético mas não fez efeito, pois nem aumentar meu número de micçoes acorreu. Será que se eu procurar esses angiologista meu problema pode ser linfedema? Ou só acomete membros inferiores? Em mim o que mais machuca é o pé esquerdo já fiz todo tipo de tratamento e nada foi resolvido. Já me diagnosticaram com artrite e não era nada disso, sofro muito com isso e já desisti de procurar ajuda médica. Agora vendo seu blog, me animei. Aguardo sua resposta. Beijos

    ResponderExcluir
  23. olá Luciana gostei muito do seu blog muito informativo e me ajudou muito a entender melhor o meu problema.Tenho Linfedema nos membros inferiores a muito tempo e com o passar do tempo tem piorado muito,talvez ja tenha até nascido com esse problema mais so depois dos trinta anos foi descoberto,hoje tenho 48 anos estou acima do peso e gostaria de pedir sua ajuda para conseguir ajuda na minha cidade, moro em João Pessoa PB, e se a drenagem linfatica pode melhorar um pouco o meu caso aguardo ansiosamente sua resposta se possivél via email meu email e: mariajose_4464@hotmail.com. Desde ja ti agradeço. um abraço.Meu nome é Maria José

    ResponderExcluir
  24. oi dra. o meu nome é Weder , aonde no Distrito Federal eu posso fazer o exame de linfocintilografia mmii

    ResponderExcluir
  25. OI LUCIANA BOA TARDE TD BEM? GOSTARIA E UMA OPINIÃO OU ATÉ MESMO UMA AJUDA SUA. MEU NOME É CLAUDIA TENHO 37 ANOS E DESDE JANEIRO VENHO FAZENDO TRATAMENTO PARA TROMBOSE ASSOCIADO COM LINFEDEMA NO COMEÇO O VASCULAR ACHOU QUE FOSSE ERISIPELA E ME INTERNOU POR 7 DIAS TOMEI ROCEFIN ENDO VENOSO MAIS NÃO ADIANTOU. VIVO COM O PÉ INCHADO ÀS VEZES VERMELHO OUTRAS VEZES CIANÓTICO ACHO QUE DEVIDO A TROMBOSE GOSTARIA MUITO DE SABER SUA OPINIÃO. DESDE JÁ AGRADEÇO A ATENÇÃO

    ResponderExcluir
  26. Oi Luciana descobrir a uma semana que tenho linfedema nos membros inferiores, tenho muitas dúvidas. Teria algum manual completo par me indicar?

    Márcia de Souza RJ

    ResponderExcluir
  27. oi luciana
    meu nome é carla moro em niteroi(rj)
    tenho linfedema a mais ou menos uns quatro anos
    iniciou-se na coxa ficou vermelha e incha já fiz
    todos os exame e confirmou o linfedema faço drenagem linfatica exporadicamente
    e mfaço acompanhamento cm uma angiologista otima
    msa gostaria de saber se vc sabe algo sobre o dr godoy que muita pessoas falam de sua clinicaem são paulo já perguntei minha angiologista porem ela ñ cohece tem cm vc me fala algo dele se vale a pena ir nessa clinica etc e se tem outro tratamento alem da drenagem bju
    meu email karllacat32@yahoo.com.br
    aguardando resposta bjs

    ResponderExcluir
  28. Boa Noite a todos e todas. Meu nome é Monteiro,tenho 45 anos e há 25 anos sofro de um Linfedema no membro inferior esquerdo devido a uma Erisipela mal curada por médico incompetente. Há cerca de uns 07 anos faço tratamento com uma especialista vascular e infelizmente NÃO tem cura, apenas prevenção e fisio para NÃO piorar. Uso também meias de compressão elástica (apesar de todo constrangimento). Mas, sei que DEUS esta no controle e serve como um espinho na carne para chegar mais perto dele. Att. Monteiro - Contato. monteiro871@gmail.com

    ResponderExcluir
  29. Oi Dra. Luciana;

    Como é esse método de foldi?tenho um linfedema secundário a uma cirurgia de grande porte em membros inferiores qual a orientação. Marcarei uma consulta com você.

    ResponderExcluir
  30. Olá, meu nome é Fernanda e tenho um linfedema na perna esquerda, nunca fiz um exame específico. Você poderia me indicar um médico especialista em SP e um fisioterapeuta. Obrigada, e parabéns pelo trabalho.

    ResponderExcluir
  31. Olá Luciana, tenho 40 anos e há mais ou menos quatro anos convivo com um linfedema na perna direita, mas somente agora fui diagnosticada, moro em Belém/Pa preciso de indicação de profissional pra tratamento (drenagem). Obrigada pela atenção Alessandra

    ResponderExcluir
  32. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  33. Olá Luciana, me chamo Luciana e moro em SP e tenho 30 anos. Acabei de voltar do consultório onde recebi a notícia que tenho linfedema secundário na perna esquerda. O médico não soube me dizer um tratamento e nem me indicou nada, simplesmente sai do consultório perdida. Poderia me indicar algum angiologista em SP ou mesmo fisioterapeuta especializado?
    Por favor me ajude, estou desesperada.

    ResponderExcluir
  34. Boa Noite, minha mãe tem linfedema na perna direita. Ela teve um caso de insuficiencia renal e esta fazendo hemodialise. Por conta disso não tenho como fazer a drenagem. Foras os exercicios metabolicos, o que mais posso fazer pra diminuir o edema e a eritema ?

    ResponderExcluir
  35. Boa Noite,meu nome é scheila e meu marido tem linfedema e a situaçao dele é grave pois toma remedios para aliviar a dor todo dia sente dores fortes, gostaria de poder de ajudar ele caso contrario ele mediz que tem que amputar as duas pernas. Me ajude.marcksheila@yahoo.com

    ResponderExcluir
  36. Olá Luciana, me chamo Luciana e tenho 27 anos de idade, descobri a pouco tempo que tenho linfedema nos membros inferiores e o medico que passei me indicou um Dr aqui em sp , o Dr Guedes, só que a consulta dele é muito cara nao tive condiçoes , R$800,00 me parece que este tratamento é muito caro , sera que vc nao conhece algum colega na area para me indicar , estou desesperada estou assim sem ter uma soluçaõ há 5 meses me ajude por favor nao aguento mais estou usando a meia kendal ate o joelho de media compressao e estou pensando em passar o creme venalot, nao sei mais o que fazer estou deseperada, por favor Luciana Me ajude pelo amor de Deus! sem mais agradeco e fica meu contato : email: lucianaeventos-@hotmail.com bjs.

    ResponderExcluir
  37. Olá Luciana, meu nome é Natalia.
    Acabei de me formar em fisioterapia e atendo uma paciente a domicilio, tenho minhas duvidas ao ler seu post que minha paciente apresente o Linfedema, já pedi para família procurar um especialista..E vc falou de técnicas de Linfoterapia, Técnica de Foldi, queria saber se você poderia me mandar algo sobre isso..Obrigada

    ResponderExcluir
  38. Olá Luciana,
    Sou Cleonice, moro na região metropolitana de Salvador, na Bahia e tenho linfedema no membro inferior esquerdo desde 1998. Somente no ano de 2000, depois de passar por vários médicos angiologistas, cheguei a um que fez o diagnóstico e sugeriu o tratamento com fisioterapia (drenagem linfática e exercícios), uso de meia de compressão, suspensão dos pés da cama, medicamento via oral e uso de aparelho com compreesão pneumática intermitente. Também tenho cuidado com a alimentação.
    Apesar de tudo isso, que algumas vezes relaxo. É como se me desse um "descanso". O edema permanece. Em minha cidadenão existe fisioterapeuta especialista neste tipo de doença e a fisio que faço é mais um paliativo. E no calor, como está fazendo agora, sofro demais.
    Escrevo para ter alguém que conhece o problema para desabafar, trocar ideia.
    Obrigada pela atenção
    Cleonice

    ResponderExcluir
  39. Olá Luciana, meu nome é Renata, sou fisio tb e vou fazer 2 anos de formada. Gostaria de informações de como especializar nesta área aqui n Rj e já trato pctes com este problema e tenho tido bons resultados. Se vc puder me enviar algumas dicas ficarei agradecida, abraços.

    obs, ñ sou totalmente"leiga" no assunto, pois fiquei 1 ano estagiando dermatofuncional patológica ao lado de uma supervisora que está doutorando agora.. Atualmente faço pós em traumato, mas a dúvida é: outra especialização em dermato, angio ou oncologia? Qual área abrange melhor?

    Parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  40. Olá, Luciana
    A minha mãe está com edema-linfedema no tornozonelo, e durante o dia o pé fica muito inchado, mesmo ela fazendo repouso, e a noite ela sente muita dor e diz que sente como tivesse dando agulhadas na região e além disso ela tem diabete.Moro em São Paulo (capital) e gostaria que vc me indicasse um profissional que pudesse diagnosticar esse problema.Desde já agradeço a sua atenção.Parabéns pelo BLOG.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dr. Henrique Jorge Guedes Neto.
      www.drguedes.med.br
      Angiologia-cirurgia vascular

      Excluir
  41. Sou de Campo Grande MS me chamo Izabel G Dias aonde posso encotrar tratamento aqui na cidade? Moro no centro na rua Afonso Pena 609. Obrigada

    ResponderExcluir
  42. muito obrigado,luciana!a mais ou menos 10 anos sofro com minhas pernas inchadas.depois de tanto sofrer e buscar tratamento com médicos de de todo tipo de especialidade,descobri seu blog.nele encontrei dicas muito importantes que foram o motivo de minha alegria.descobri um anjo Dra.Ana Carolina Leão S. Silva fisioterapeuta dermato-funcional em Sete lagoas MG.depois de 7 sessoes com ela minhas pernas esta fininha.

    ResponderExcluir
  43. Prezada Senhora Luciana,
    Minha mulher possui todos os sintomas de Linfedema, poderia a senhora gentilmente fornecer-nos alguma clínica em Porto Alegre
    que possa tratá-la ?
    Desde já agradeço-lhe muitíssimo.
    Júlio Castilhos
    jcdcastilhos@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  44. ÓLÁ, MINHA FILHA, COM 39 ANOS FOI DIAGNOSTICADA COM "LINFEDEMA" DEVIDO A INCHAÇO NAS PERNAS. ELA É DOS CORREIOS (trabalha como carteira). SE PUDERES ME AJUDAR COM ALGUM COMENTÁRIO, POR FAVOR RESPONDA-ME. ESTOU MUITO PREOCUPADO COM ESSE PROBLEMA DELA. DESDE JÁ TE AGRADEÇO. (Ubiratanmarinha@hotmail.com)

    ResponderExcluir
  45. Olá Luciana! Aos 2 meses descobri que meu filho Lucas tinha linfedema no membro inferior direito, fiquei desesperada e logo comecei a procurar especialista e encontrei em São Paulo o Dr. Henrique Jorge Guedes Neto (Angiologia-Cirurgia Vascular) que está acompanhando o caso, o Lucas está com 1 aninho... O Dr. Henrique Guedes me deixou muito tranquila e lá também apresentou sua equipe de fisioterapeutas, mostrou fotos de crianças com o mesmo problema e com resultados positivos. Ele só está acompanhando o Lucas que fará o tratamento quando tiver uns 5 anos por se tratar de um bebê é lógico que queremos resultado rápido...Estou aliviada!
    Vou deixar o contado do Dr. Henrique... Espero ajudar alguém!
    www.drguedes.med.br
    O Dr. Henrique também trabalha no hospital Albert Einstein.

    ResponderExcluir
  46. Ola! O meu nome é Luci. meu pai tem um ano que faz tratamento de Câncer de próstata e agora há mais ou menos 6 meses começou a inchar pés, tornozelos e joelhos. agora com diagnostico de linfedema. Isso também é algum outro tipo de câncer que já está se espalhando pelo corpo dele? Por que já me falaram tanta coisa, que á nem sei no que acreditar. Muito obrigada! E que Deus te abençõe! Luci dos Santos Moreira - Sarandi - Paraná

    ResponderExcluir
  47. Boa noite,luciana meu nome e jorge minha mae esta com linfedema vc conhece algum profissional no rio de janeiro que possa ajudar como massagem e outros procedimentos p aliviar a dor,agradeço meu contato e zizinho66@hotmail.com

    ResponderExcluir
  48. Oi luciana,minha filha tem 4 anos.ja foi diagnosticado um quadro de linfedema pelo exame de linfocintilografia.ela toma um remedio chamado flebon e não consiguir achar a meia de contenção na minha cidade que BElem do para.será se consigo achar em outro lugar essa numeração de meia?e qual é o melhora tratamento?

    ResponderExcluir
  49. oi luciana,fiquei com algumas duvida sobre linfedema e queria saber mais , pois em 2011 minha mãe quebrou a perna em dois lugares e a cerca de 2 anos começou a inchar, ja foi ao angiologista e nada foi descoberto, será que é isso que ela tem? nos moramos em petropolis, rj , me oriente por favor.
    patricyacontage@hotmail.com

    ResponderExcluir
  50. Oi luciana! Estou sentindo fortes dores no tornozelo , inchando e ficando vermelho.Apareceu depois de fazer uma caminhada.Tenho 52 anos,a 11 meses terminei um tratamento com quimioterapia pra eliminar um linfoma no mediastino.o que pode ter ocasionado isso? SINTO FORTES DORES QUANDO FICO MUITO TEMPO EM PE.obrigada

    ResponderExcluir
  51. Luciana, boa noite. Durante boa parte da minha vida incho quando faz calor ou fico em lugares abafados. As pernas incham e as mãos também. Chegam a coçar e a mão fica com calombos que coçam e doem. Recentemente tive um inchaço indolor no tornozelo esquerdo. O tornozelo chegou a sumir. Esse edema apareceu por dois dias e desinchou depois que fiquei com as pernas elevadas. Constantemente minhas pernas têm inchado, ficam com marcas profundas das meias, mesmo que esteja frio...Tem dias que incham mais, outros menos. Na perna que houve o inchaço, às vezes tenho de afrouxar o tênis. As pernas andam muito pesadas, é um fardo subir escadas por exemplo. Às vezes a região interna dos tornozelos e um pouquinho acima, chega a endurecer, fica bem dolorido e a medica que fica elevada, vai melhorando. Tive um aumento considerável de peso no último ano e não pratico atividade física, mas mesmo assim não acho normal o que acontece. Passei num vascular, fiz doppler venoso e arterial e pletismografia. Constatou-se apenas uma insuficiência venosa leve em uma parte da safena, que ele disse não ser a responsável pelo inchaço. Paralelamente, por recomendação dele, passei num endócrino e estou aguardando o resultado de alguns exames de sangue. O vascular acha que devo estar com distúrbio metabólico. O endócrino fez exame clínico e acredita que eu não tenha problema no metabolismo, mas mencionou discretamente que poderia ser linfático, mas que ele não teria como saber. Como procedo Luciana? Está tão difícil encontrar médicos competentes e atenciosos. A consulta inicial com
    o vascular durou 10 minutos e o retorno, 6 minutos. Sequer houve exame clínico...Procurei aleatóriamente no convênio porque os recomendados só atendem particular e são caríssimos. Se for linfedema, é algo que pode melhorar sozinho com o tempo ou pode ser perigoso se não tratado? Conhece algum médico qualificado e
    que atenda em SP? Desde já, agradeço sua atenção. Tatiana.

    ResponderExcluir